30/06

Energia solar para escolas e universidades: uma iniciativa com ótimos resultados

Para garantir qualidade no ensino, as escolas e universidades investem na contratação de professores, em equipamentos e também na infraestrutura.

Desse modo, elas garantem que os alunos possam aprender e se desenvolver, evitando que a qualidade de ensino seja afetada.

E um desses investimentos tem sido na implementação de sistemas fotovoltaicos nesses locais.

 

Quais os benefícios da energia solar para escolas e universidades?

 

O consumo de energia elétrica no Brasil tem aumentado no últimos anos. E, com isso, é presumido que nos próximos anos a energia gerada não seja suficiente para atender a demanda.

Com esse aumento no consumo de energia, alternativas têm sido adotadas. Uma delas é o uso da energia solar (também conhecida como energia fotovoltaica). Uma opção muito econômica e também sustentável.

A seguir listamos outros benefícios em adotar o uso da energia solar para escolas e universidades.

 

Promover a sustentabilidade e conscientizar os estudantes

 

O sistema fotovoltaico é uma alternativa para geração de energia limpa e renovável. E o uso de um sistema desses em sua instituição ainda contribui para conscientizar os alunos quanto à importância da sustentabilidade.

A utilização dessa energia nas escolas tem aumentado, tanto em escolas públicas como privadas.

Os painéis solares são produzidos de forma econômica e esse é outro ponto a ser levado em consideração no tocante ao meio ambiente, já que assim gastam-se menos recursos para tal.

 

Contar com uma fonte de energia independente

 

Com a adoção de um sistema de energia solar na sua universidade ou escola, é possível operar livre do sistema de energia convencional. E isso pode ser benéfico no caso de queda de energia, por exemplo.

Mas o que isso quer dizer? Significa que a sua instituição de ensino pode se tornar um centro de energia solar que atue de forma independente, do mesmo modo como acontece com as empresas de energia solar nas residências.

 

Economia nas instituições de ensino

 

A conta de energia costuma ser alta nas instituições de ensino, sejam escolas ou universidades. Muitas delas acabam tendo esse elemento como o que consome mais recursos todos os meses.

Isso porque nesses locais existem muitos equipamentos que necessitam de energia para ser utilizados, tais como: ar-condicionado, projetores, ventiladores, geladeira, freezer, equipamentos para os laboratórios, entre outros.

Assim, com a instalação de um sistema de energia solar é possível diminuir consideravelmente os custos.

Há instituições que têm conseguido gerar com seus sistemas fotovoltaicos energia suficiente para reduzir a energia que consomem por mês na distribuidora.

 

Energia verde atrai os millennials

 

A chamada geração do milênio (millennials) ou geração Y é a favor da energia verde, que é um tipo de energia limpa.

E dentre os motivos para isso estão a preservação do meio ambiente através de uma fonte de energia que não gera poluentes e também os incentivos fiscais concedidos pelo governo.

Assim, por exemplo, com um sistema fotovoltaico nas instituições de ensino, é possível atrair esse público para sua universidade ou escola ou mesmo atrair a atenção dos pais também preocupados com essa questão ambiental.

Desta forma, o investimento em um sistema de energia solar para escolas e universidades vem crescendo no Brasil. Seja para diminuir custos ou por questões de sustentabilidade.

Você também quer investir nessa alternativa para sua instituição? Entre em contato com a MS Energia Solar.

Categorias