20/05

Energia solar com céu nublado?

Como fica a energia solar com céu nublado? Ainda é gerada energia por meio do sistema fotovoltaico nesse caso?

A energia solar ainda é algo novo no Brasil, logo, existem muitas dúvidas sobre o seu funcionamento. E uma delas é sobre a produção de energia em dias nublados.

Como a energia solar é gerada por meio da captação dos raios solares, o que acontece quando o sol esconde-se atrás das nuvens?

Hoje nós vamos esclarecer essa dúvida e também apresentar alguns pontos que são necessários entender.

 

Afinal de contas, há energia solar com céu nublado?

 

A resposta é: sim, mesmo com o céu nublado o seu sistema fotovoltaico continua a fazer a produção de energia. O problema aqui é que, nesse caso, claro, a eficiência energética será menor do que seria num dia com céu limpo.

Mesmo em dias nublados existe radiação solar, o que varia é a taxa de radiação presente.

 

Como funciona um sistema fotovoltaico

 

Para que possamos entender melhor isso, antes faz-se necessário explicar um pouco sobre o funcionamento de um sistema fotovoltaico.

A energia solar pode ser aproveitada de duas formas: como energia térmica (para aquecer a água) e como energia elétrica. Esse último caso é o nosso foco aqui.

Para a geração da energia elétrica são necessários os chamados painéis solares (ou placas solares) as quais são ligadas a um inversor que converte a energia captada em energia que funcione nas residências ou empresas.

 

Por que há menor produção de energia solar com céu nublado?

 

Durante o seu trajeto, os raios solares acabam tendo algumas alterações até chegarem no solo. Uma parte dos raios é refletida pela atmosfera e a outra é que consegue passar e chegar até as nuvens.

E aí que as nuvens fazem uma espécie de “filtro”: elas podem absorver uma parte da radiação, refletir ou mesmo fazer a transmissão dela para o solo.

E quando as nuvens fazem a transmissão da radiação existe um tipo de transmissão que é a que faz as placas solares gerarem energia: a irradiação direta, onde a irradiação do Sol é enviada diretamente para os painéis.

Como os painéis fazem uso apenas desse tipo de irradiação, logo, em dias nublados há um aumento na quantidade de nuvens e, nisso, há um maior bloqueio do Sol e a quantidade de irradiação direta cai.

O que acontece, então? Acontece a diminuição da eficiência energética do seu sistema fotovoltaico.

 

Outro fator que influencia a produção de energia solar

 

Agora você entende basicamente como funciona um sistema de energia solar e o que acontece com ele em dias nublados. Mas existem ainda outros fatores que podem também influenciar a produção de energia.

Um deles é a temperatura de uma região.

Ao contrário do que algumas pessoas possam acreditar, lugares muito quentes podem comprometer a produção de energia solar. Isso porque as temperaturas elevadas resultam na diminuição da eficiência do sistema.

Desse modo, locais que possuam uma temperatura mais equilibrada conseguem uma maior eficiência para produzir energia fotovoltaica.

Outra coisa importante a se mencionar é que, nesses casos, você pode ainda se programar para quando vierem dias nublados ou chuvosos. Assim não terá impactos quando o sistema gerar menos energia do que gerava em dias de sol.

Se você quer implementar um sistema fotovoltaico na sua empresa ou residência, fale com a MS Energia Solar.

Categorias